Fale conosco

Saber que você está 100% satisfeito é muito importante. Pode mandar um e-mail ou dar uma ligada que a gente se entende. Para nos visitar, é importante agendar com antecedência.

Se preferir, venha nos visitar na fábrica: Rua Saldanha Marinho, 12 - Centro
Niterói/RJ - Cep: 24030-040

SAC

(21) 3620-2989
X

nosso blog

Acompanhe aqui todas as notícias relacionadas a uma alimentação saudável.

Alimentação saudável na infância: a importância de introduzir alimentos saudáveis na rotina da criançada.

Alimentação saudável na infância: a importância de introduzir alimentos saudáveis na rotina da criançada.

19 de outubro de 2018

Já parou para pensar no quão fundamental é uma alimentação saudável para o crescimento e bom desenvolvimento das crianças? Assim como nos adultos, uma alimentação rica e balanceada faz toda a diferença na infância e ainda previne que uma série de doenças se manifestem mais tarde, como diabetes, hipertensão e obesidade, por exemplo.

Acompanhe nosso post e fique por dentro das nossas dicas em alimentação saudável na infância e como introduzir pratos saudáveis na rotina da criançada.

Entenda o que significa alimentação saudável na infância

Mas, afinal de contas, o que significa ter uma alimentação saudável na infância? Segundo a nutricionista Carla Bógea, isso significa que, através da alimentação, a criança receberá nutrientes necessários para o crescimento, desenvolvimento e manutenção da sua saúde.

Aliás, é importante que os pais também se lembrem que uma alimentação saudável não significa necessariamente investir em alimentos caríssimos, mas sim em alimentos básicos como frutas, legumes e verduras, essenciais para uma boa alimentação.

A importância da alimentação saudável na infância

A infância é um período que precisa de atenção especial, já que apresenta crescimento e desenvolvimento contínuos. De acordo com a nutricionista Carla Bógea, a alimentação saudável nessa fase da vida auxilia em um bom desenvolvimento físico e intelectual, além de evitar uma série de problemas de saúde comuns na infância.

Carla ainda lembra que a infância é um momento de formação de hábitos alimentares, portanto, a educação nutricional – e isso significa introduzir e ensinar quais alimentos podem e devem ser consumidos com mais frequência – devem ser sempre o objetivo durante essa fase.

Como introduzir alimentos saudáveis na infância

Crianças podem ser muito resistentes para aceitar novos alimentos, especialmente aqueles mais saudáveis e que não possuem sabores tão atraentes. Segundo a nossa nutricionista do Cuscuz Bacana, isso é extremamente normal e não impede que a criança eventualmente aprenda a ter uma alimentação saudável.

Ela explica que, para que esse comportamento com relação ao alimento mude, é preciso que a criança o prove cerca de oito a dez vezes, mesmo que em pequenas quantidades. Só assim, ela vai conhecer o sabor do alimento e determinar se aquele é mesmo um alimento que ela aprecia comer ou não.

Além disso, mudar o modo de preparo do alimento também pode ajudar, apesar de que, normalmente, o que mais incomoda a criança ao experimentar comidas saudáveis é a textura e não o sabor.

A nutricionista fala ainda que é interessante levar a criança e pedi-la para selecionar os alimentos no supermercado ou feira. E ressalta: não leve para casa os alimentos que você não quer que seu filho coma. Ter paciência é fundamental, pois essa fase costuma passar já nos 6 ou 7 anos de idade.

Tipos de alimentos que as crianças devem consumir

Viu como ter uma alimentação saudável na infância não precisa ser um desafio? Carla Bógea lembra que, nessa fase, o importante é investir em variedade. Quando um alimento é apresentado com muita frequência no prato, pode causar monotonia e enjoar, limitando a ingestão de nutrientes e a formação do paladar da criança.

Por isso, é bom ressaltar: é importante investir em diversidade! Aposte em alimentos ricos em ferro como carnes, verduras de folhagem verde escuras e leguminosas (os feijões, por exemplo) e em proteínas e cálcio, essenciais para para o crescimento saudável. Alguns alimentos ricos nesses nutrientes e que devem ser introduzidos na alimentação infantil são: carnes, peixes, ovos, feijão, açaí, leite, queijo, espinafre, dentre vários outros!

Ainda é válido lembrar que toda criança precisa comer vários tipos de frutas, legumes e verduras diariamente, pois esses alimentos normalmente possuem bastante água, fibras, vitaminas e sais minerais. É importante também estimular uma boa mastigação desses alimentos, já que eles ainda auxiliam na saúde bucal.

Cuidados com alimentos na infância

Já percebeu como a oferta de alimentos saudáveis cresceu muito nos últimos anos? Dá para perceber que, por outro lado, os alimentos processados também estão cada vez mais em alta no mercado. Por isso, por mais que haja a busca por uma alimentação saudável, sempre surgirão momentos em que um processado será consumido.

Carla Bógea ressalta que o estímulo pela alimentação saudável deve ser sempre buscado, mas o consumo de alimentos processados não precisa ser proibido! Contanto que haja equilíbrio e conscientização da criança que os alimentos saudáveis são sempre prioridade.

E criança pode comer doce?

Se seu filho é fã de um doce, não precisa se preocupar! Como já falamos, o importante é conscientizar a criança de que alimentos processados podem ser consumidos em equilíbrio com alimentos saudáveis. Já sabemos que nem sempre substituir o desejo de doce por uma fruta vai satisfazer, certo?

A solução é, então, buscar doces que contam com ingredientes saudáveis e sejam leves ao mesmo tempo que conferem energia. O Cuscuz Bacana, por exemplo, tem vários sabores que agradam o paladar da criançada e ingredientes selecionados, além de fornecer nutrientes como cálcio e proteínas!

Alguns sabores podem ser especialmente apreciados pelo paladar mais infantil como o Cuscuz Paçoca Zero e o Cuscuz Coco Queimado, além do tradicional sabor de Cuscuz!

E se seu filho tiver restrições alimentares, pode ficar sossegado! Além de não ter glúten, o Cuscuz Bacana conta com sabores especiais para diabéticos como o Cuscuz Whey e sabores sabores sem lactose como o Paçoca Zero!

E lembre-se: os cuidados devem ser levados em consideração independente da idade das crianças! Gostou das dicas? Faça um comentário e conta pra gente o que você achou!

Newsletter Cuscuz Bacana

Receba em seu email novidades e dicas relacionadas a uma alimentação saudável.

Pin It on Pinterest